O que há de novo no Visual Studio 2017?

    Foi apresentada pela Microsoft a mais nova versão da sua IDE de desenvolvimento, o Visual Studio 2017. Já faz 20 aninhos desde sua estréia e a nova versão promete ser mais limpa, mais rápida na instalação e sempre de olho na performance e produtividade dos desenvolvedores. Continuar lendo

Diagrama de sites e serviços Microsoft

     Nas últimas semanas tenho reunido links de serviços e sites oferecidos pela Microsoft como forma de organizar o que existe por aí. Criei um mapa mental no Mindmeister e reuni em categorias como Treinamentos, Tecnologias, Educação, entre outros. Obviamente que não existe apenas uma forma de organizar isso, escolhi a que achei mais interessante para mim, fiquem a vontade para fazer sugestões. Continuarei atualizando a medida que for encontrando outros, espero que seja útil para vocês também.

Clique aqui para acessar o mapa.

imagemind

 

Microsoft Scorpio – o console mais poderoso já criado

windows-10-xbox-header     Post rápido de carnaval, apenas para mostrar minha expectativa e ansiedade para 2017. Apesar de haver rumores na mídia há um bom tempo, recentemente li um pouco sobre o projeto Scorpio da Microsoft anunciado no E3 2016, que a mesma considera ser o console mais poderoso já criado, até mesmo superior ao PS4 Pro.

Continuar lendo

Editor de consultas SQL no portal do Azure

     Hoje trago para vocês uma dica rápida de uma novidade do Portal do Azure, é o editor de sql logoconsultas SQL(SQL Query Editor). Em resumo é uma nova ferramenta para banco de dados hospedados na nuvem da Microsoft, que permite a execução de comandos SQL direto pelo portal da sua assinatura no Azure. Ou seja, você ta atendendo um cliente na empresa dele e o cidadão te pede para dar uma olhada em um erro no sistema mas você precisa acessar o banco e efetuar um select, ao invés de ir no SSMS(SQL Server Management Studio) ou usar o plugin MSSQL do VSCode, você simplesmente acessa o navegador na máquina do cliente, entra na conta do Azure e executa seu comando. Lindo né?

Continuar lendo

Usando a API da Battle.net

     Fala galera, finalmente vou trazer um post que une duas coisas que amo fazer nessa vida: jogar World of Warcraft e programar. Faz tempo que queria testar a API de consultas wow programmerdisponibilizadas pela Blizzard, a ideia é poder criar aplicativos onde o usuário loga com sua conta do Battle.net e consegue visualizar coisas bacanas como seus personagens e atributos(nome, reino, guilda, raça, última modificação, classe, gênero, papel,…), isso é bem legal e abre a possibilidade da comunidade de World of Warcraft usar a criatividade e fazer todo tipo de app. Vamos nessa?

Continuar lendo

Serviços em background com o Azure Web Jobs

     Fala pessoal, fim de ano está chegando e hoje trarei para vocês o último post de 2016. Trabalhei recentemente na configuração de um serviço para atualização de algumazure logoas regras no sistema online de controle de estoque da minha empresa, o tsEstoque. Sempre tive um executável agendado na máquina virtual em servidores onde hospedei a aplicação, que hoje se encontra no Azure, mas descobri há algum tempo atrás a possibilidade de fazer este agendamento de forma mais fácil com a ferramenta de WebJobs do Azure.

Continuar lendo

Usando a extensão MSSQL para VSCode

     Olá galera, hoje vou falar sobre ferramentas úteis para o dia a dia de um programador. Para quem utiliza o editor de código da Microsoft, o VSCode, sabe que é possível adicionarlogo_vscode várias extensões para facilitar sua vida. Recentemente tive alguns problemas no banco de uma aplicação pessoal e senti que o SQL Management Studio 2008 era “muita” ferramenta para resolver um problema pequeno, queria algo de carregamento mais rápido que me permitisse acessar rapidamente o banco, foi aí que procurei e encontrei a extensão mssql. Segue abaixo um pouco da minha experiência.

Continuar lendo

{Lua} – Hello World!

     Olá caros leitores, aproveitando o mês da super lua, hoje vou escrever sobre algo que já venho querendo estudar faz um tempo mas tava difícil de encaixar na agenda, a poderosa linguagem de programação brasileira criada em 1993, Lua. Lua é software livre de código aberto, distribuída sob a licença MIT e inteiramente projetada e desenvolvida no Brasil, por uma equipe na PUC-Rio. É a única linguagem de programação de impacto desenvolvida fora do primeiro mundo. #proud.

Continuar lendo

Curso Xamã – Desenvolvendo aplicações mobile com Xamarin + C# no Visual Studio

     Fala pessoal, a partir de hoje estarei trazendo uma série de posts sobre o shamandesenvolvimento de aplicações mobile para IOS/Android utilizando plataforma Xamarin e a linguagem C#. De forma rápida o Xamarin é o nome da empresa responsável por uma suite de ferramentas voltada ao desenvolvimento de aplicações cross-platform. Com Xamarin é possível desenvolver apps móveis nativas utilizando features do C# e do .NET, a Xamarin foi adquirida pela Microsoft em 2016.

Continuar lendo

Imagine Cup 2017

     Bom dia caros leitores, trago a vocês hoje um pequeno post iclogosobre uma das maiores competições acadêmicas de tecnologia do mundo, a copa do mundo da computação: a consagrada Imagine Cup da Microsoft. Já faz um tempo que acompanho o evento que reúne estudantes do mundo todo em competições com projetos de games, inovação e cidadania. A Imagine Cup é uma competição global que capacita a próxima geração de estudantes a formar equipes e a criar projetos e ideias inovadoras que podem solucionar problemas mundiais. A cada ano dezenas de estudantes do mundo todo competem por dinheiro, viagens e prêmios e pela honra de levantar a taça da Imagine Cup.

     E o Brasil tem feito bonito, todos os anos que acompanhei os resultados, vários projetos super legais foram criados e premiados, na edição de 2016 que ocorreu em Seattle – EUA o time de brasileiros chamado Tower Up foi finalista com o jogo “Sonho de Jequi” na categoria de jogos.

imagem jogo sonho de jequi

Jogo da Equipe TowerUp – Sonho de Jequí

     Ao todo, mais de 200 mil brasileiros já participaram do evento nos últimos 14 anos, incluindo o grande vencedor da Imagine Cup 2015, o projeto E-FitFashion, da USP. Agora o evento está fazendo aniversário e completando 15 aninhos de existência, a partir da edição de 2017 não existirão mais categorias como antes, portanto todos os projetos irão concorrer entre si. O uso do Azure, nuvem da Microsoft será um dos principais critérios na hora do julgamento.

Para mais informações acesse aqui.

Fonte: http://www.lab27.com.br/imagine-cup-2017/?linkId=30311618